Flores e não só!

Desengane-se quem acha que as flores estão cansadas de aparecer em março. A primavera é um princípio e um renascimento e é por isso que as flores não são um cliché, mas sim uma alegre oportunidade desta temporada. No entanto, não vêm sozinhas: entre folhos, riscas e muita vivacidade, as opções são infindáveis.

A moda segue tendências não obrigatoriamente inovadoras: aquilo a que somos desafiadas é a inovar com aquilo que já não é novo. E este ano, o que é que ditam os gurus da moda?

3

Coleção primavera/verão Dolce & Gabbana 2016 Foto aqui:

Vestidos, e muitos! Curtos, mas principalmente compridos, com folhos esvoaçantes e seguramente floreados. Mais: se gostamos destes estilos mais “rodados”, também renasceram as saias plissadas.

Para quem gosta de arriscar, pode seguir as modas mais italianas que francesas e usar padrões iguais da cabeça aos pés, com mais ou menos flores e sempre com cor. E riscas verticais: que são um clássico e ajudam a alongar o corpo. Se preferimos manter um estilo mais calmo, vestimos na integra uma só cor: é a promessa de um estilo elegante. O azul é para abusar! Desde o mais escuro ao que usava a princesa do sapatinho de cristal, todas as tonalidades são válidas. Bem como o verde e as cores vitamínicas, que somos convidadas a usar sem restrição.

2

Foto aqui:

Claro está, em qualquer estação “com o preto não me comprometo”. Todavia, porque não deixar esta escuridão para a noite? Opte por calças largas e camisas com golas estruturadas, que favorecem os traços de personalidade do rosto, acompanhados de flores aqui ou ali. Ou então: a camisa branca renasceu – em estilo boyfriend ou formal, na primavera ninguém se compromete com o branco.

Dos casacos, menos sabemos: é sinal que o calor está a chegar. Ainda assim seja prudente: opte por um casaco curto ou comprido (tudo se usa) e certamente leve, com apontamentos de cor que façam sobressair o look. E, como com o calor vem o sol, lembre-se de uns óculos com contornos de massa grossos. De todos os feitios, só temos de escolher O nosso par.

Para as mais atrevidas, surge a oportunidade de jogar com rendas através de jogos de sobreposição. Para as mais extrovertidas, o que não faltam são folhos de todas as alturas, feitios e tamanhos, em qualquer peça que a nossa imaginação permita.

As carteiras também não escapam! Este ano sugerem-nos tamanhos mais pequenos, mas nem por isso sem flores. Nos sapatos, ups!, sandálias, as sandálias e mais sandálias que nos sugerem são maioritariamente rasas e muito coloridas, por oposição às de salto grosso e alto que ostentam cores neutras. Aqui por Lisboa, os ténis continuam na corrida à tendência principal da moda.

1

Coleção Gucci primavera/verão 2016      Foto daqui

Estes são os chamados looks must have desta primavera de 2016, e mais não vos digo com medo de vos baralhar. Não existem regras. Existem linhas e estilos variados dos quais nos podemos apropriar de maneira a sentirmo-nos confiantes naquilo que vestimos, e já agora, se puder ser, na moda!

Foto cabeçalho encontrada aqui:

Imagem1Francisca Pedra Soares, escreve habitualmente sobre moda

 

Anúncios