Falar bem, num português correcto, é importante? Porquê? Para quê?

É muito, muito, muito importante!

Desde logo porque nos ajuda a transmitir a nossa mensagem, seja qual for: de um pedido de esclarecimento nas Finanças, um pedido de auxílio quando nos perdemos num local desconhecido e não sabemos que direcção seguir, quando numa entrevista de emprego queremos sublinhar os nossos talentos e capacidades e em mil e uma situações da vida sempre que temos de nos expressar.

Depois porque é uma peça essencial da nossa imagem.

Posso estar vestida com a melhor roupa do mundo, maquilhada por uma profissional, enfim, com uma imagem visual irrepreensível mas de que me serve se, abrindo a boca, só me saem as mais bárbaras ‘calinadas’?

Imaginem que estão a montar o negócio das vossas vidas, imaginem que querem contratar uma empregada para vos ajudar nesses primeiros tempos. Surge-vos a mais encantadora das pessoas, com uma imagem cuidadíssima, talentos profissionais mais do que adequados mas que nos primeiros cinco minutos de conversa deu já uma dúzia de bárbaros pontapés na gramática e tem uma forma absolutamente desastrada de se dirigir às pessoas embora seja simpática e solícita.

Contratá-la-iam?

Arriscariam?

A pérola da nossa imagem, o toque que faz a diferença é a linguagem cuidada.

Nos próximos posts vamos analisar um a um os principais e mais comuns ataques à língua portuguesa. Espero que se divirtam e vos seja útil.

Foto de Derreck Johnson, via Thinkstock.

Maria Teresa Mouzinho, Editora

 

Anúncios